Nadar contra a maré?

Será que está é a solução da monotonia? Ou será que é apenas uma maneira de dificultar as coisas? Sinto que cada vez mais as pessoas lutam contra si mesmas para buscar resultados inexplicáveis. Uma busca incansável sobre o que nós mesmos não entendemos. A vida se transforma de uma forma que até contínua e sem fronteiras. E nós buscamos uma resposta para tudo. Nas ruas, nas calçadas, em bosques e até mesmo nos Cafés da vida estamos à procura. Seja lendo um jornal ou se expressando no Twitter. Bom, não vamos discutir redes sociais, vamos voltar a explicação pela força que o ser humano faz sempre contra a maré. Agora porque?

Pelo simples fato de que temos que ter uma razão para tudo em nossa vida. Por exemplo no Twitter, é para se manter conectado com a atualidade e ser social. Lendo o jornal, é para manter o tradicionalismo, uma informação mais palpável e ai vai.
Então temos por lei a razão para tudo. E nadar contra a maré se torna mais uma forma de ter fugir da realidade, passar a ser mais forte e se esquecer de assuntos que nos assombram.
Posso até estar errado, mas se você leu e se identificou, beleza. Caso contrário, continue nadando contra a maré.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s